Teste de Memória (Sequência de Ícones)

A memória de trabalho (MT) tem um limite de capacidade. Isso é especialmente relevante para tarefas complexas e, portanto, está relacionado com a capacidade de raciocínio. Uma forte relação entre a capacidade de memória de trabalho e raciocínio foi encontrada em vários estudos1 e pesquisas que indicam este tipo de memória como um dos melhores preditivos de inteligência2.

A memória de trabalho está associada a 3 funções principais: o armazenamento e processamento simultâneo de informações, supervisão (monitoramento de operações mentais, controle de sua eficiência e escolha dos recursos certos para uma tarefa) e coordenação (integração de informações de diferentes domínios de conteúdo)3 .

Este teste avalia o elemento da MT referente à capacidade de controlar a atenção, a fim de manter informações relevantes ou se desvincular de informações irrelevantes4.

Instruções

Este teste contém 10 questões no total. No início de cada pergunta, você verá uma sequência de ícones em rápida sucessão. Em seguida, será mostrado um conjunto de 8 ícones e você deve selecionar os que acabou de ver.

Das 8 opções, 3 a 5 estão corretas. As seleções corretas valem 1 ponto e as incorretas valem -1.

Exemplo de teste:

teste de memória sequência de ícones

Isenção de Responsabilidade:

Este teste foi desenvolvido com um propósito educacional e de entretenimento. Os resultados não constituem uma avaliação psicológica ou psiquiátrica de qualquer tipo e podem não oferecer um retrato preciso da aptidão mental do examinado. Não garantimos a exatidão dos resultados e estes não devem ser usados como um indicador das capacidades do indivíduo para um fim específico.

As respostas podem ser registradas e usadas para fins de investigação ou para serem distribuídas de outra forma. Todas as respostas são registradas anonimamente.

Referências:

1 P.C Kyllonen (1994). Aptitude testing inspired by information processing: a test of the four-sources model. Journal of General Psychology, 120 (1994), pp. 375-405; A.F Fry, S Hale (1996). Processing speed, working-memory, and fluid intelligence: evidence for a developmental cascade. Psychological Science, 7 (1996), pp. 237-241; R.W Engle, S.W Tuholski, J.E Laughlin, A.R.A Conway (1999). Working-memory, short-term memory and general fluid intelligence: a latent variable approach. Journal of Experimental Psychology, General, 128 (1999), pp. 309-331.

2 Süß, M., Oberauer, K., Wittmann, W., Wilhelm, O. & Schulze, R. (2002). Working-memory capacity explains reasoning ability—and a little bit more. Intelligence. 30(3), 261-288. https://doi.org/10.1016/S0160-2896(01)00100-3

3 Süß et al, 2002

4 Engle, R. (2018). Working Memory and Executive  Attention: A Revisit. Perspectives on Psychological Science. 13(2) 190 –193

Outros testes de inteligência

Teste de Sequência Numérica

Avalia o raciocínio indutivo. Se apresentará uma sequência numérica e o examinado deve detectar a regra não especificada que a rege para encontrar o número seguinte.

Teste de Raciocínio Verbal

Avalia o raciocínio indutivo e os conhecimentos verbais. Serão apresentados pequenos textos que o examinado deve ler e interpretar para demonstrar que entende as informações transmitidas.

Teste de Reação

Teste de cronometria mental. Avalia os reflexos e velocidade de reação do participante diante de um estímulo.

Teste de Raciocínio Lógico com Diagramas

Avalia a capacidade de entender a relação lógica entre três termos diferentes e a capacidade de transpor essa relação para um diagrama.