Teste de Raciocínio Lógico com Figuras

O raciocínio indutivo pode ser definido como a comparação sistemática e analítica de objetos a fim de detectar semelhanças e / ou diferenças entre eles no que diz respeito a atributos ou relações1.

Ainda que não utilize números, este Teste de Raciocínio Lógico com Figuras avalia o pensamento dedutivo de abstração numérica.

As representações numéricas não simbólicas abstratas são importantes na avaliação do QI porque podem fornecer a base evolutiva e de desenvolvimento para o pensamento matemático2.

Instruções

Este teste tem 10 questões no total. Para cada pergunta, será apresentada uma sequência de figuras.

Você deve compreender a sequência e completá-la escolhendo a figura que deve substituir o ponto de interrogação.

Exemplo de teste:

exemplo de Teste de Raciocínio Lógico com Figuras

Isenção de Responsabilidade:

Este Teste de Raciocínio Lógico com Figuras foi desenvolvido com um propósito educacional e de entretenimento. Os resultados não constituem uma avaliação psicológica ou psiquiátrica de qualquer tipo e podem não oferecer um retrato preciso da aptidão mental do examinado. Não garantimos a exatidão dos resultados e estes não devem ser usados como um indicador das capacidades do indivíduo para um fim específico.

As respostas podem ser registradas e usadas para fins de investigação ou para serem distribuídas de outra forma. Todas as respostas são registradas anonimamente.

Últimos resultados

Idade 40
Género Homem
Score 80
Idade 50
Género Homem
Score 30
Idade 25
Género Homem
Score 70
Idade 25
Género Homem
Score 40
Idade 32
Género Mulher
Score 60
Idade 25
Género Homem
Score 60
Idade 18
Género Mulher
Score 90
Idade 9
Género Homem
Score 50

O que avalia este teste de raciocínio lógico com figuras?

Este teste está projetado para avaliar o raciocínio indutivo, mas também a concentração e a atenção aos detalhes dos examinandos. O método empregado é muito simples, mas também perspicaz.

Espera-se que os participantes do teste sejam capazes de reconhecer diferentes formas e identificar o que torna cada figura única. Após esta análise introdutória, terão que encontrar o padrão na sequência e usá-lo para prever qual a figura que se segue ou qual a que está faltando.

Este Teste de Raciocínio Lógico com Sequência de Figuras está focado no raciocínio indutivo justamente por causa dessa necessidade de fazer uma previsão. Esse tipo de raciocínio está associado à capacidade de analisar informações gerais para tirar uma conclusão particular que pode ou não estar certa. Sua validade dependerá de outros dados.

No caso deste teste, os examinandos terão que tirar uma conclusão particular - qual a figura está faltando - com base no padrão geral que identificarem.

Dicas para resolver um teste de série de figuras

Preste bastante atenção nas figuras

Você não será capaz de identificar corretamente o padrão por trás das sequências, a menos que tenha um bom entendimento de cada figura. Preste muita atenção à sua forma, quais são suas semelhanças e diferenças, e se elas têm cores ou padrões diferentes dentro de si.

Normalmente, este tipo de testes tende a incluir figuras muito semelhantes entre si de propósito, para avaliar as habilidades de concentração e atenção aos detalhes.

Identifique a estrutura da sequência

A estrutura das sequências desempenha um papel importante na avaliação do padrão por trás delas. Por exemplo, o padrão pode ser horizontal ou vertical, dependendo da estrutura da pergunta. O primeiro impulso de muitos examinandos é procurá-lo da esquerda para a direita, mas o padrão também pode estar escondido da direita para a esquerda ou de baixo para cima.

Seu primeiro passo deve ser ler atentamente a questão e verificar se há alguma indicação do tipo de estrutura que a série segue. Existe uma seta apontando para uma direção específica a seguir? As formas estão dispostas em uma direção particular?

Procure padrões comuns

Os testes de raciocínio indutivo que empregam séries e sequências em suas questões tendem a repetir as mesmas estratégias independentemente das habilidades específicas que estão sendo avaliadas. Em outras palavras, eles normalmente usam o mesmo tipo de padrões, mesmo que estejam sendo aplicados em contextos diferentes.

Por exemplo, a série pode ter mais de um padrão entrelaçado e você encontrará um padrão diferente para as posições pares e ímpares. Quando isso acontece, a sequência parecerá aleatória quando analisada como algo contínuo.

Por essa razão, é uma boa ideia se familiarizar com esses padrões comuns para que possa reconhecê-los com mais facilidade e rapidez.

Referências:

1 Papageorgiou, E. (2009). Towards a teaching approach for improving mathematics inductive reasoning problem solving. In Tzekaki, M., Kaldrimidou, M. & Sakonidis, H. (Eds.). Proceedings of the 33rd Conference of the International Group for the Psychology of Mathematics Education, (4) pp. 313-320. 

2 Cantlon, J., Cordes, S., Libertus, M. & Brannon, E. (2002). Numerical abstraction: It ain’t broke. Behavioral and Brain Sciences. 23 (3/4), 331-332.

Outros testes de inteligência

Teste de Raciocínio Verbal

Avalia o raciocínio indutivo e os conhecimentos verbais. Serão apresentados pequenos textos que o examinado deve ler e interpretar para demonstrar que entende as informações transmitidas.

Teste de Raciocínio Verbal com Silogismos

Avalia o raciocínio verbal, capacidade de pensamento dedutivo e pensamento crítico. Serão apresentadas duas afirmações por pergunta e o examinado deve extrair uma conclusão lógica delas.

Teste de Reação

Teste de cronometria mental. Avalia os reflexos e velocidade de reação do participante diante de um estímulo.

Teste D-70

Este teste avalia a inteligência geral, bem como o raciocínio abstrato e a capacidade de entender a relação entre diferentes elementos.